Monge budista realiza palestra e meditação guiada na Santa Casa de SP LP Pasura Dantamano explicou os princípios básicos da prática, visando o desenvolvimento da paz interior

Compartilhar :

O monge budista LP Pasura realizou uma sessão guiada de meditação com os presentes. Clique na imagem para ver mais fotos

No início da tarde de 23 de novembro, a comunidade da Santa Casa de SP participou de uma atividade diferente para aliviar o estresse do dia a dia. O monge budista LP* Pasura Dantamano, da Tailândia, ministrou a palestra “Desenvolvendo seu potencial e a paz interior” e, em seguida, realizou uma sessão guiada de meditação.

Ouvindo as instruções do monge, médicos, professores, estudantes, funcionários e outros profissionais de saúde, tanto da Faculdade quanto da Irmandade, experimentaram a calma e o relaxamento proporcionado pela prática. A meditação englobou as técnicas de respiração, visualização e mantra. Para o relaxamento do corpo, foram aplicados os princípios do mindfulness, que, apesar de ficar mais conhecido no ocidente a partir dos anos 2000, tem sua origem nas práticas budistas.

“Para entrar no estado meditativo, é preciso um equilíbrio entre o relaxamento e a atenção”, explicou o monge em sua apresentação. Segundo Dantamano, não é possível impedir o surgimento de pensamentos diversos quando meditamos. “São como pássaros. Eles aparecem, nós observamos, mas não os alimentamos. Assim, eles vão embora”, orientou, explicando que o importante é não prender-se a estes pensamentos.

Mestre em Relações Internacionais pela Universidade Thammasat, na Tailândia, o monge Dantamano  é docente e consultor no projeto Peace Revolution,  ligado à fundação internacional  World Peace Initiative (WPI),  que oferece programas e cursos de meditação e autodesenvolvimento para pessoas de várias partes do mundo, incluindo o Brasil.

O monge veio à Santa Casa de SP a convite da médica Lana Okada, cirurgiã de cabeça e pescoço do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e do Hospital Nipo Brasileiro.  A responsável pela organização do evento foi a Profa. Dra. Marineide de Carvalho, coordenadora da Oncologia Clínica da Santa Casa de SP, com quem Lana entrou em contato.

Lana conheceu Dantamano em uma palestra realizada por ele em 2015, no Brasil. Na sequência, decidiu fazer um curso online gratuito de meditação oferecido pelo Peace Revolution. Nos anos seguintes, a médica viajou duas vezes para a Tailândia, recebendo treinamento pela WPI, em parceria com o templo Dhammakaya, cujo departamento de relações internacionais é chefiado pelo monge Dantamano. “Foi uma experiência muito rica, que me permitiu compreender o país, a cultura, ou seja, o ‘background’ das práticas meditativas”, conta.  Hoje, Lana é coach de meditação pelo projeto, além de voluntária no Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho e na Santa de Casa de SP.

*LP é a sigla para Luang Pi, que significa “irmão” na língua antiga indiana Páli (forma simplificada de sânscrito)

Saiba mais:

Projeto Peace Revolution 

O projeto oferece um programa online de meditação gratuito e aberto a todos os interessados, independentemente de religião ou cultura

101 visualizações

Compartilhar :