Notícias FCMSCSP

Área Restrita

Ação Comunitária de Promoção de Saúde do Idoso

No dia 23 de junho, foi realizada a primeira “AÇÃO COMUNITÁRIA DE PROMOÇÃO DE SAÚDE DO IDOSO”, no Centro de Acolhida Especial para Idosos em Situação de Rua “Morada São João” (CAEI São João) , localizado na Av. São João, 1214 - Campos Elíseos, São Paulo – SP.

Participaram dessa ação de saúde alunos do Curso de Especialização em Enfermagem em Gerontologia e Geriatria, com apoio da Liga de Enfermagem em Envelhecimento Ativo e Saúde do Idoso (LEEASI) do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP).

A ação foi coordenada pela Profa. Me. Rosemeire dos Santos Vieira, com participação das docentes Profa. Dra. Acácia Maria Lima de Oliveira Devezas e Profa. Me. Vanda Cristina dos Santos Passos.

As ações comunitárias tem se tornado uma marca da atuação da FCMSCSP na região central do município de São Paulo. Nesse último evento, foram realizados ações de educação em saúde abordando temáticas tais como: hipertensão; diabetes mellitus; riscos de queda; tuberculose; e doenças sexualmente transmissíveis.

As ações de avaliação realizadas foram sobre: Saúde Bucal, Consulta de Enfermagem (anamnese, sinais vitais, exame físico, elaboração da SAE), e Avaliação Multidimensional da Pessoa Idosa na Atenção Básica (AMPI AB).

No intervalo entre as 8 h às 17 h, foram atendidos 42 dos 210 idosos moradores do CAEI São João, com os quais foram realizados trezentos e vinte e um (321) atendimentos.

Foram 27 AMPI AB, e dentre os idosos avaliados, foram identificados 13 (48,15%) idosos não frágeis, 9 (33,34%) idosos pré-frageis, e 5 (18,52%) idosos frágeis os quais serão encaminhados para atendimento nas Unidades Básicas de Saúde de referência. Esse resultado é alarmante, pois mesmo sendo o início das avaliações.

A classificação do idoso, quanto ao perfil de fragilidade, é fundamental pois além de ser um instrumento de rastreamento simples, rápido, de baixo custo e aplicável por diferentes profissionais, também permite que sejam instituídas intervenções preventivas em idosos pré-frágeis. A fragilidade e incapacidade são entidades distintas em idosos, mas essa relação existe e tem grande impacto na saúde desse grupo, assim como na saúde da coletividade e para o SUS, consequentemente.

Abordar as principais demandas de saúde dos idosos, patologias nas oficinas de educação em saúde foi muito proveitoso, tanto para idosos, como para o aprendizado dos alunos do Curso de Especialização em Enfermagem em Gerontologia e Geriatria e da LEEASI, em especial a temática de risco de queda, pois é uma das principais causas de incapacidade entre idosos.

A presidente da LEEASI, graduanda Ana Paula Correa Marques, aproveitou a oportunidade e organizou doação de roupas para atender as necessidades dos idosos nessa época de frio.

Dia 30/06/2018 daremos continuidade a esse trabalho no CAEI Morada São João, tendo como foco além das ações anteriores ações de estimulação das capacidades cognitivas, e oficinas de alongamento e autocuidado.