Projeto ‘Manhã global: ambulatório de refugiados’ Ação será dia 21 de outubro, das 10 h às 17 h

Compartilhar :

Alunos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e o grupo Mulheres do Brasil promovem, dia 21 de outubro, das 10 h às 17 h, na Escola Estadual Marina Cintra (Rua da Consolação, 1289), em São Paulo, SP, o projeto ‘Manhã global: ambulatório de refugiados’.

O atendimento vai ser feito por alunos de todos os anos da graduação de medicina, com a orientação de residentes das áreas de medicina da família, clínica, psiquiatria e ginecologia.

Os alunos, para participar do evento, realizaram inscrição prévia por meio de formulário. As inscrições se esgotaram em 36 horas. Participarão 70 estudantes, sendo 35 alunos pela manhã e 35 pela tarde.

No formulário, foi perguntado se o aluno fala alguma língua estrangeira, pois isso facilita um melhor atendimento sem a barreira linguística

Durante atendimento haverá uma ação do Programa Santa Maluquice também para entretenimento das crianças e para que elas fiquem em segurança durante o atendimento dos seus pais ou acompanhantes. O Programa, influenciado pelos ideais e princípios dos Doutores da Alegria e busca levar alegria a crianças hospitalizadas, conta com a participação dos alunos dos cursos de Graduação em Enfermagem, Fonoaudiologia e Medicina da FCMSCSP.

O grupo Mulheres do Brasil foi criado em outubro de 2013 com o objetivo de discutir temas ligados ao Brasil. Ele é composto por mulheres de vários segmentos que têm, em comum, o propósito de serem protagonistas na construção de um país melhor.

O objetivo é aumentar o projeto para que aconteça anualmente, já que existe imensa demanda. Uma meta é contar com mais especialidades e envolver outros cursos da faculdade.

Informações
Helena Tenório, aluno do curso de Medicina da FCMSCSP
helena.tenorio6@gmail.com
34-9-952-3473

40 visualizações

Compartilhar :